ATUAÇÃO DO SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR EM HOSPITAL PÚBLICO DA PARAÍBA NO ENFRENTAMENTO À COVID-19: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.32435/envsmoke.20214132-43

Resumo

A pandemia do vírus Sars-cov-2 tem sido um dos principais problemas de saúde pública em todo o mundo. O Sars-Cov-2 foi mencionado pela primeira vez em dezembro de 2019 em Whuan na China, onde foi observado alterações genética em vírus que circulava em meados de 2003 e 2012. A epidemia do Sars-Cov e Mers-Cov teve sua disseminação em mais de 30 países, com letalidade de 30 a 40% dos casos confirmados. O Sars-CoV-2 foi notificado pela primeira vez pela Organização mundial da saúde (OMS) em 31/12/2019 e em 30/01/2020 foi notificado como emergência internacional. O primeiro caso de Sars-Cov-2 no Brasil ocorreu em fevereiro de 2020 na cidade de São Paulo, acionando diversas medidas de proteção para evitar a disseminação do vírus. A Paraíba teve seu primeiro caso confirmado em 18/03/2020 e na tentativa de conter o avanço do coronavírus, foram anunciadas várias estratégias para conter a doença no estado da Paraíba, uma delas foi a instalação do hospital solidário dentro da estrutura física do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, que se tornou um dos hospitais de recebimentos de pacientes suspeitos ou confirmados de Covid-19. Portanto, o presente trabalho tem como objetivo descrever a atuação do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) do Hospital Metropolitano diante da pandemia da COVID-19. Com as admissões de pacientes com síndrome respiratória aguda grave, o SCIH teve como missão padronizar protocolos e fluxos para manter a segurança dos pacientes e da equipe multidisciplinar. Com a construção dos protocolos e fluxos realizamos treinamentos para certificarmos a efetividade e melhorar as ações desenvolvidas. Sendo possível salientar que a SCIH está atuando desde os primeiros casos de SRAG e COVID-19 admitidos na instituição de forma dinâmica e presencial realizando ações para minimizar a propagação do vírus no hospital e manter a segurança dos pacientes e da equipe de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabrielle Diniz Santos, Universidade Federal da Paraíba

Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em clima urbano, conforto ambiental, conforto térmico, acessibilidade e comportamento (etologia) atuando principalmente nos seguintes temas: meio ambiente, clima urbano, urbanização, educação ambiental e planejamento urbano. Especialidade em epidemiologia e infectologia.

Downloads

Publicado

30/04/2021

Como Citar

Santos , A. S. dos ., Santos, G. D., Teodózio , G. C. ., & Cordeiro , K. J. da S. . (2021). ATUAÇÃO DO SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR EM HOSPITAL PÚBLICO DA PARAÍBA NO ENFRENTAMENTO À COVID-19: RELATO DE EXPERIÊNCIA. ENVIRONMENTAL SMOKE, 4(1), 32–43. https://doi.org/10.32435/envsmoke.20214132-43

Edição

Seção

Artigos Completos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)